Recomeçar

Acabou. Não entendi muito bem quando aconteceu, me atingiu como um furacão, perdi o ar e o chão, tudo de uma vez só.

Doeu. Por dias a fio eu fiquei sem saber o que fazer, totalmente perdida dentro dos meus sentimentos.

Dias se passaram, mas eu continuei pensando naquilo com todas as minhas forças. Esperava encontra-lo cada vez que saia de casa, mesmo que ele morasse longe e não tivesse nenhum motivo para estar ali. Não estamos mais juntos e pensar sobre isso machucava cada vez mais.

Eu procurei saber o que ele estava fazendo e com quem. Todos os dias, de meia em meia hora. Até que começou a ser de hora em hora, depois a cada três horas. Em duas semanas passou a ser uma vez ao dia.

Mesmo não procurando tanto por ele ainda me sentia só. As pessoas não ajudavam ao perguntar por ele, essa era a pior parte. Praticamente arrancavam meu coração do peito.

Passado um mês eu já não pensava em encontra-lo na rua, também não o procurava tanto, talvez umas dias vezes por semana, quem sabe.

Agora, meses depois vejo que foi melhor assim, não nos fazíamos mais tão bem. Hoje, volto a encontra-lo , somos amigos e eu sou imensamente feliz por isso já que não poderia perder totalmente uma das melhores pessoas que já apareceram na minha vida.

Depois de ter o mundo roubado de mim, de ter me perdido em mim mesma, de fingir que estava tudo bem, eu me reencontrei, me recuperei e recomecei. Hoje eu agradeço a ele por ter salvado a nossa relação.


Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Desejos de setembro ❤

[Resenha] Extraordinário - R. J. Palácio

[Resenha] A Lenda de Materyalis - As Crônicas de Aliank #1