Um dia transformador

Sempre temos um dia, aquele dia em que tudo da errado, perde a hora, responde de mau jeito sem perceber, passa mal, toma atitudes erradas e por ai vai. Mas, por mais chatos e estressantes que sejam, devemos passar por eles e adquirimos uma espécie de experiência com ele.

Pensem, no primeiro dia de bad de vocês, o que fizeram? Choraram e comeram chocolate, faltaram aos compromissos, porem, no dia seguinte ainda estavam vivos e teriam que enfrentar a vida de qualquer jeito. Agora, quando esse dia chega, você enfrenta, tem que sair? Sai. E tem a certeza que no dia seguinte tudo melhora.

Maus dias servem para testar os nossos limites, nos mostrar o real valor de dias de alegria, para que possamos aproveita-lo ao máximo sempre. O aprendizado sempre vem, as vezes, demoramos a enxerga-lo, outras nos fazemos de cegos para camuflar o sentimento. Entretanto, quando o tempo passa e as magoas acabam, conseguimos ver a situação de maneira geral, distinguindo tantos os pontos bons como os ruins.

Dias tristes são necessários, eles nos mostram como os sorrisos são valiosos e carregam esperanças. Descobrimos que existem pessoas que se importam com você e conseguem te fazer sorrir com um simples aperto na bochecha, um sorriso bobo, um "oi, ta bem?" e diante dessas atitudes, a bad começa a se despedir.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Desejos de setembro ❤

[Resenha] Extraordinário - R. J. Palácio

[Resenha] A Lenda de Materyalis - As Crônicas de Aliank #1